Facebook

Enquete

Quero saber mais sobre...
 
Dia da Mulher – exemplo de cerimonial para seminário E-mail
Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 
Sugestões

Locutor(a) - Acolhida: Bom dia a todas e todos! Comemorar o 8 de março é agradecer a vida de tantas mulheres que doaram sua vida em favor das lutas e necessidades do povo e avaliar quais são os desafios enfrentados pelas mulheres nos dias atuais para, numa perspectiva de equidade de gênero, encontrar caminhos possíveis que promovam melhor qualidade de vida nas relações humanas e destas, com todas as formas de vida.


Homenagem cantada


Vamos celebrar o Dia Internacional da Mulher! Vamos celebrar a vida!


Uma mulher declama em voz alta:


“Onde houver um caído, eu levanto.
Onde há um morto, um doente chorando...
Sou guerreira, sou pássaro... eu canto!
Levanto meu povo, e o tiro da escravidão.
Meu nome é libertação.
Quem quiser me encontrar... É fácil... não estou só no lar.
Estou na luta – sou guerreira, sou negra, sou pobre, sou velha, sou jovem, sou viúva e quase analfabeta.
Sou paz, sou esperança. Sou igualdade... Meu nome é solidariedade.
Me chamo povo – sou humanidade”.


(Entra o símbolo da mulher, bem grande, enfeitado com roxo, trazido por uma mulher. Também o símbolo do homem, bem grande, enfeitado com roxo, trazido por um homem. Lá na frente, os dois símbolos se aproximam... se juntam formando um novo elo central). Também entram mulheres com fitas nas cores do arco-íris, balançando estas fitas coloridas. Lá na frente, se colocam ao lado dos dois símbolos. (USAR UM FUNDO MUSICAL)



Mulher que leva o símbolo fala: Minha luta é pelo novo, onde as diferenças são apenas diversidade. Minha luta é para que o masculino possa ser parte de mim, que sou mulher...


Homem que leva o símbolo fala:
E o feminino pode ser parte do meu homem... Como as cores do arco-íris que só enfeitam o céu quando estão juntas... Assim são plenas, são belas, são vistas por todo o mundo.


Locutor(a): Nossa luta é pelo resgate do masculino e feminino... nossa luta é pela integração destes dois grandes símbolos para homens e mulheres... Vamos dar um abraço nas companheiras mulheres. Vamos dar um abraço nos companheiros homens presentes...


(As pessoas deixam os símbolos lá na frente e retornam para os seus lugares).


Após os abraços:


Locutor(a): Queremos, neste momento, fazer nosso agradecimento a todas as mulheres que fizeram sua caminhada na terra e contribuíram para que o mundo de homens e mulheres hoje seja melhor.


(Mulheres na plenária gritam com bravura os nomes dessas mulheres – Dorcelina Folador, Irmã Dorothy Stang, Roseli Nunes, Margarida Alves, Anita Garibaldi, Joana D`Arc, Simone de Beauvoir, Cora Coralina, Nísia Floresta, Bertha Lutz, Alzira Soriano de Souza, Dra. Zilda Arns... quando os nomes forem falados em voz alta, a animadora retoma a palavra:


Locutor(a): Lembremos também daquelas mulheres que no silêncio do seu trabalho solidário, em suas comunidades, fizeram a diferença para a vida de outras mulheres e homens. Muitas delas nós conhecemos, quem sabe fizeram parte dos nossos grupos de convivência. Façamos nossa reverência com um minuto de silêncio.


Locutor(a): Neste 8 de março de 2010, homenagearemos uma dessas mulheres especiais, Dra. Zilda Arns, Coordenadora Internacional da Pastoral da Criança, que morreu em janeiro de 2010 em missão, no terremoto do Haiti.


Convido para que fiquemos em pé e cantemos o Canto Líder Consciente.
(Entra um grupo de pessoas da Pastoral da Criança com o banner da Dra. Zilda Arns). Após o canto e quando as pessoas estiverem lá na frente, a Representante da Pastoral da Criança, apresenta a História de Vida da Dra. Zilda Arns.


Locutor(a): Convido a todos e todas para uma calorosa salva de palmas.


Segue a programação, com a chamada de autoridades para comporem a Mesa de Honra.


Locutor(a): Para compor a Mesa de Honra, chamamos:


Sr. ???, Prefeito Municipal de ???
Sr. ???, Vice-Prefeito
Sr. ??? – função/cargo
Sra. ??? – função/cargo

Locutor(a): Fazer uso da palavra:
Prefeito
Vice-Prefeito
???

Locutor(a): Neste momento, agradecemos a participação nesta Mesa e pedimos que as autoridades que fizeram uso da palavra tomem seus assentos junto a Plenária, permanecendo as 3 palestrantes para início do Painel e a mediadora da mesa.


A mediadora da mesa, fala algumas palavras e encaminha a seqüência das falas.

Tempo para debate

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar